Corn Snake e a Seleção Artificial

 Quando falamos de seleção artificial a primeira coisa que pensamos é na criação de gado (que já foi citado em um artigo anterior neste blog ), nos cães ou nos famosos pombos de Darwin que pelas características desejáveis foram selecionados por nós tornando-se diferente de seus ancestrais.

A verdade é que os humanos já praticam a seleção artificial por milênios e essa técnica que visa copiar a maneira de agir da seleção natural é empregada em diversos organismos vivos.

Neste artigo quero mostrar um animal que também passa por essa técnica e que em apenas algumas décadas de influência humana vem se tornando cada vez mais diferente de seu ancestral de vida livre.


Originária da América do Norte a Corn Snake (Elaphe guttata ou Pantherophis guttata) uma serpente da família dos Colubrídeos vem sendo criada como animal de estimação não só por norte americanos mas por pet-hobbystas por todo o mundo. Obviamente que estes criadores não se contentaram com as variações morfológicas selvagens (fig.1) dessa espécie  e logo começaram  a modifica-la.

As Corn Snakes são tão difundidas lá fora que até mesmo escolas as utilizam para demonstrar aos seus alunos como as famosas leis de Mendel funcionam na prática ( bem mais empolgante do que os exemplos das ervilhas concordam?).

Hoje após alguns anos temos mais de 30 variações da Corn Snake, variações essas que aumentam a cada ano e  incluem diferentes cores e até mesmo os desenhos no corpo desses animais. Isso é possível de ser feito apenas  recombinando genes dominantes e recessivos  que produzem proteínas ligadas ao desenvolvimento dos cromatóforos  nos animais.

 Fig.1: Um dos  três padrões selvagens de Corn Snake conhecido pelos hobbystas como  classic.

Aqui estão apenas alguns exemplos  de variações artificiais  que podemos encontrar nestas serpentes de estimação.
 
Como disse anteriormente estas são apenas algumas das variações que foram criadas apenas selecionando o cruzamento dessas serpentes, ainda existem muitas outras que estão acessíveis aos admiradores de serpentes em alguns países do mundo.

Isto atesta a plasticidade dos organismos terrestres e o mais interessante é que se conseguimos mudar tanto um animal em apenas algumas décadas o que a natureza não faria em milhões ou mesmo bilhões de anos?
Você que saber mais?
http://www.cornsnakemorphgallery.com (Exemplos de variações de Corn Snake)
http://www.moreptiles.com/ (Site de criadores americanos)
http://serpwidgets.com/default.html (Morfologia e genética básica)

Seja Bem Vindo!

O Down House tem como objetivo elucidar temas sobre História Natural, de maneira que mesmo alguém que nunca teve contato profundo com a área possa apreciar e entender melhor o mundo natural do qual todos nós fazemos parte.