Down House Visita: Museu Ameríndia de Arqueologia.


Hoje inauguro o primeiro post do quadro Down House Visita, um espaço onde darei dicas de lugares que podem ser visitados pelos leitores do blog, lugares estes que possuam algum relação com a História Natural.

No sábado do dia 8 de agosto de 2009  rumei junto de minha namorada para um bairro de Campinas –SP conhecido como Cambuí, este é famoso pelos jovens devido aos  seus inúmeros bares de classe média- alta e por estar quase no coração da cidade.  O objetivo na verdade não era tomar meu amado chopinho, mas sim visitar um pequeno museu praticamente desconhecido.


O local no caso chama-se Museu Ameríndia de Arqueologia, inaugurado em 2008 pelo proprietário Edson Luís Gomes (Arqueólogo) que mantém tanto o museu quanto a loja de artigos indígenas que abriga a exposição.

Fomos recebidos pelo próprio Edson que com grande simpaticidade nos guiou por todas as peças do acervo que tem início com exemplares da indústria lítica brasileira (instrumentos feitos de pedra) alguns deles com mais de 3 mil anos de idade, cerâmicas pré e pós colonização portuguesa e até mesmo urnas funerárias da cultura Maracá (como a da foto ao lado).

A exposição chamada “O Brasil Antes dos Brasileiros” ainda conta com algumas réplicas produzidas por um artesão conhecido como Mestre Cardoso que foi um dos grandes contribuintes para o resgate da cerâmica amazônica.  Ainda encontramos ali diversos banners explicativos com informações sobre  cultura e tribos habitantes do nosso país.

Depois da visita ao museu ainda pude conferir o trabalho que o proprietário faz com 150 etnias nativo brasileiras trazendo peças originais dos mais longínquos recantos do país para que possamos apreciar e também comprar.

Com toda certeza minha ida ao Museu Ameríndia de Arqueologia teria durado mais algumas horas se o Edson não estivesse em horário de trabalho, apesar do amor pela área biológica tenho uma paixão por antropologia e arqueologia o que rendeu boas conversas no local.
Não custa nada pagar um tributo aos primeiros habitantes do Brasil, estes que antes do “descobrimento” passavam de 2 milhões de indivíduos e  mais de 1.000 etnias diferentes, hoje beiram apenas 300 mil indivíduos e  somente 227 etnias.

Alguns podem pensar que esse artigo não tem nada a ver com História Natural mas vale lembrar que nossos nativos foram os primeiros a testemunhar nossa riqueza de biodiversidade, sendo também capazes de mesclar-se a ela de maneira contemplativa e totalmente não prejudicial ao ambiente.
Se você é campineiro ou esta de passagem por Campinas que tal conferir a exposição?
A cultura brasileira agradece!

Onde?
Rua Ferreira Penteado, 1460
Cambuí- Campinas
mapa
Horário de funcionamento:  Segunda a sexta, das 9h às18h; sábados, das 9h às 14h.
Site
Entrada gratuita.

Seja Bem Vindo!

O Down House tem como objetivo elucidar temas sobre História Natural, de maneira que mesmo alguém que nunca teve contato profundo com a área possa apreciar e entender melhor o mundo natural do qual todos nós fazemos parte.